Livros infantis para viajar pelo Brasil

segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

Há algum tempo li num site especializado em literatura infantil um artigo enfatizando a importância de se falar da realidade brasileira nas histórias infantis, para que se desperte o amor e o conhecimento pelo nosso país desde cedo - pois não há como amar algo que não conhecemos, não é mesmo? É fato que a grande maioria dos contos de fadas clássicos remete a castelos feudais, lobos e ursos, príncipes e princesas, invernos e verões que geografica e historicamente nada tem a ver com o Brasil - daí a importância de oferecermos também aos pequenos histórias que tenham como pano de fundo a nossa natureza, nossos animais, as influências dos nossos povos indígenas. Esse olhar amplia a realidade e pode mudar a relação que os futuros cidadãos terão com respeito ao meio ambiente e à preservação da cultura e dos costumes brasileiros, valorizando tudo que é único para nós.
Com essa ideia em mente, reuni com os malinhas uma lista de livros que falam de diferentes aspectos do Brasil - tem meio ambiente, tem história, tem lendas e folclore, tem dinossauros, todos com personagens e temáticas bem brasileiros. 

👉 Dinos do Brasil e Novos Dinos do Brasil, de Luiz E. Anelli
Que tal começar uma viagem pelo Brasil do começo? Quase todo mundo já ouviu falar do tiranossauro rex e outros monstrengos gringos, mas no Brasil viveram muitos dinossauros interessantíssimos (e com nomes peculiares como Irritátor e Oxalaia 😄). O paleontólogo e professor da USP Luiz Anelli reuniu, de forma didática e muito bem humorada, alguns dos dinos que viveram no nosso país nesses dois volumes: Dinos do Brasil e Novos Dinos do Brasil. Divididos por estado, cada um dos espécimes tem direito a uma pequena ficha, com nome científico, significado do nome, tamanho, etc, além de um comparativo de tamanho e detalhes da sua descoberta e classificação. Mesmo dinolovers bem avançados, como o que tenho em casa, irão se surpreender com a variedade de dinos e se encantar com as informações.

👉 Coleção Brasileirinhos, de Lalau e Laurabeatriz
Nós somos fãs dessa dupla de autores e ilustradores! Os livros da Coleção Brasileirinhos são todos dedicados à fauna brasileira ameaçada de extinção - em todos os volumes, cada animal ganha uma página só pra ele, com uma linda ilustração, um poema e uma curta explicação contando seu nome científico, onde e como vive, e quais são as suas principais ameaças. São perfeitos para apresentar aos pequenos diversos animais desconhecidos da maioria das pessoas - quem aí, por exemplo, conhece a periquitamboia? Ou o rapazinho-de-colar? 😉 O Brasil tem uma biodiversidade imensa que está correndo riscos igualmente imensos, e essa coleção tem o dom de abordar o assunto de forma leve mas suficiente para despertar a consciência da preservação.
 
👉 Faz Muito Tempo, de Ruth Rocha
Todo mundo sabe a história do descobrimento do Brasil, não é mesmo? Da longa viagem de Pedro Álvares Cabral a partir de Portugal até avistar o Monte Pascoal, sem saber exatamente o que ia encontrar; do encontro com os indígenas, nativos dessa terra até então desconhecida; do deslumbramento dos estrangeiros com a incrível vegetação e os animais nunca vistos. Hoje sabemos que esse encontro não foi bonito como os livros de História nos levaram a acreditar, mas Ruth Rocha (uma autora que amamos de paixão!) soube contar como ninguém em Faz Muito Tempo uma simpática versão dessa viagem a partir do ponto de vista de Pedrinho, um menino português que nos encanta e se encanta com a incrível terra descoberta e seus habitantes. A história narrada em versos deixa o texto ainda mais bonito - e leva a nós, adultos, a refletir como teria sido a história do Brasil se houvesse menos ganância e mais poesia.

👉 Reinações de Narizinho, de Monteiro Lobato
Nessa lista de livros para viajar pelo Brasil não podia faltar Monteiro Lobato, esse autor que encanta tantas gerações de brasileiros há anos. Eu cresci lendo seus livros e assistindo ao Sítio do Picapau Amarelo na TV, e lembro com muito carinho dos personagens. Vale aqui a ressalva que Monteiro Lobato foi um autor do seu tempo - um tempo de recém abolição da escravatura, por isso sua prosa pode chocar os iniciantes na leitura pelo teor racista. Como fiz aqui em casa para apresentar Monteiro Lobato aos malinhas? Conversamos muito antes de ler, e expliquei que sempre é preciso levar em conta o tempo em que foi escrito - o que era natural há 100 anos pode causar muito estranhamento e incômodo hoje em dia, e é bom que cause mesmo, afinal o mundo evoluiu muito. E isso tudo não tira o brilhantismo das suas histórias - os dois amaram e se divertiram muito em diversas passagens de Reinações de Narizinho, especialmente com a Emília e sua língua afiada. Ler Monteiro Lobato é viajar no tempo, em meio a um Brasil rural cheio de personagens folclóricos.

👉 Diário de Pilar na Amazônia, de Flávia Lins e Silva
A destemida Pilar tem toda uma coleção de viagens - junto a seu amigo Breno e seu gatinho Samba, ela parte para diversas aventuras em vários lugares do mundo, sempre nos ensinando um pouco sobre a geografia e a história de cada um. Neste volume - Diário de Pilar na Amazônia - ela vai parar no rio Amazonas, descobre a necessidade de preservação das árvores que estão sendo continuamente destruídas, experimenta pupunha e açaí, dorme em rede e anda de gaiola e canoa. Um prato cheio para aprender mais sobre essa região tão importante do Brasil.

👉 Que João é esse? Que Maria é essa?, de Lalau e Laurabeatriz
Já pararam pra pensar quantas coisas levam João ou Maria no nome? João-de-barro, joão-bobo, joão-deitado... maria-chiquinha, maria-fumaça, maria-mole.... Mais um livro dessa dupla incrível, que dessa vez faz graça (e versos) com o tanto de marias e joões que existem na nossa língua portuguesa. Alguns são bem regionais, outros conhecidos no país todo - são ao todo 12 poeminhas com uma dupla de joão e maria, e ao final um glossário explicando cada um dos termos utilizados, que nos leva a conhecer um pouco mais da cultura brasileira.

👉 O Mistério do 5 Estrelas, de Marcos Rey
Aquele clássico dos anos 80 que toda mãe e pai saudosista e órfão da Coleção Vagalume vai fazer os filhos lerem 😄 Eu sou uma legítima representante dessa época e amava a coleção toda, mas meu preferido sempre foi O Mistério do 5 Estrelas. O bacana é que, apesar de algumas décadas já terem se passado desde que foi escrito, a história é atual e as aventuras de Leo pelas ruas de São Paulo continuam envolventes. O tal 5 estrelas é um hotel fictício, mas a Bela Vista, o bairro do Bexiga, a represa Billings, todos são bem reais e funcionam como cenários da saga de Leo até que se resolva o mistério.

👉 O Tupi que você fala, de Claudio Fragata
Mais um livro que brinca com as palavras, mostrando quantos termos em tupi foram incorporados à língua portuguesa e nem sequer nos damos conta: pipoca, guaraná, abacaxi e mais uma porção de nomes de animais, alimentos e plantas. O tupi que você fala é perfeito para as crianças que estão se alfabetizando e também para aquelas que já se dão conta da formação das palavras, e nos faz refletir sobre a influência (e a importância) destes que foram os primeiros habitantes do nosso país - especialmente em tempos tão conturbados como os que estamos vivendo, se voltar às próprias raízes é fundamental. As ilustrações são lindas e ajudam a entender o significado das palavras, complementando o texto. 

👉 Jeremias - Pele, de Rafael Calça
Uma história em quadrinhos que não tem nada de leve - Jeremias, um personagem sempre coadjuvante nos gibis da Turma da Mônica, é o protagonista dessa graphic novel da editora de Maurício de Sousa. A história narra de modo bem sensível alguns momentos da vida de Jeremias, quando ele sente o preconceito das pessoas que o rodeiam: o colega que faz "graça" com seu cabelo; a professora, que atribui a ele a profissão de pedreiro; a moça no ônibus, que se recusa a se sentar ao seu lado. Outro momento marcante é quando a polícia para seu pai na rua, sem razão aparente. É um ótimo livro para conversar com as crianças - especialmente com as brancas, como as minhas - sobre preconceito, sobre bullying e sobre a realidade de uma criança negra no Brasil. Será que é a mesma que das brancas? Fica claro que não, e vale a discussão de como podemos mudar isso.

Dá pra juntar a essa lista alguns outros livros que já foram mencionados em outros posts, como:
👉 Nas Ruas do Brás, de Drauzio Varella - livro onde o renomado médico conta sobre sua infância no bairro do Brás, em São Paulo. Uma viagem no tempo e por um bairro muito tradicional na cidade.
👉 Quem Matou o Saci?, de Alexandre de Castro Gomes - outro livro que a gente ama aqui em casa. Um mistério envolvendo a morte do famoso Saci, onde cada suspeito é uma figura do folclore brasileiro, e com final surpreendente.
👉 Além do Rio, de Ziraldo - um visitante muito peculiar viaja acompanhando o rio Amazonas e registrando suas observações, até o encontro do rio com o mar. A prosa e o traço característicos do autor são sempre encantadores!
👉 Diário de um Papagaio, de Lalau e Laurabeatriz - mais um livro dessa dupla, dessa vez em formato de prosa. Narra a viagem de um papagaio-de-cara-roxa pelos litorais de São Paulo até Santa Catarina, em meio à Mata Atlântica, em busca do seu bando. Ao final há um mapa mostrando o trajeto do pequeno papagaio, assim como informações da mata atlântica e de outros espécimes de papagaios existentes no Brasil.

Vale conferir nossos outros posts com indicações de livros para viajar sem sair de casa, estão todos aqui:

📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍
Planeje sua viagem! 
Utilizando os links dos nossos parceiros abaixo, você não paga nada a mais e nos ajuda a continuar produzindo conteúdo bacana e atualizado.
🚗 Alugue um carro aqui: Rentcars
🛫 Compre passagens aéreas aqui: Passagens Promo
🏥 Contrate o seguro viagem aqui: Seguros Promo - use o cupom ENTREMOCHILAS5 e ganhe 5% de desconto!
📚 Compre livros e muito mais aqui: Amazon
📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍

- Salve essa imagem no seu Pinterest 👇-


4 comentários:

  1. Gostei bastante desta seleção de Livros infantis para viajar pelo Brasil. Acho muito importante a introdução, nas crianças, do processo de leitura e somado a isso, às nossas realidades e identidades. Achei bem interessante a indicação de O Tupi que você fala! Adorei!

    ResponderExcluir
  2. Adorei suas dicas de livros infantis para viajar pelo Brasil! Uns já conhecia da minha infância e outros minha filha já tem, como "O Tupi que você fala". Apesar da minha filha ser bem pequena, já comecei a fazer uma pequena coleção de livros infantis em casa! Excelentes dicas!

    ResponderExcluir
  3. Muito legal essa lista de livros infantis para viajar pelo Brasil. Adoro ler livros infantis mas minha lista já estava desatualizada [ com exceção de Monteiro Lobato]pois meus filhos são adultos. Os que me despertaram a vontade de ler : Quem matou o saci e Jeremias - Pele. Parabéns pelo post !

    ResponderExcluir
  4. Adorei essa lista de livros infantis! Já vou passar para meus pequenos. Uma ótima forma de viajar pelo Brasil!

    ResponderExcluir