Praia de Boraceia num fim de semana com 2 malinhas

A gente é meio do contra e faz esse tipo de coisa: montanha no verão, praia no inverno 😃 Mais que o gosto de remar contra a maré, essa é uma dica valiosa para conhecer aqueles lugares super badalados e não deixar um rim nessa brincadeira - além de poder aproveitar melhor os lugares, que fora de sua temporada de sucesso normalmente estão mais vazios. E isso vale perfeitamente para o litoral norte de São Paulo, que fica pertinho de nós - embora seja uma região maravilhosa, no verão os preços ficam estratosféricos e totalmente inviáveis pra gente. O único risco do inverno em São Paulo é a inconstância do tempo, tanto é possível curtir dias quentes e ensolarados quanto dar azar de uma frente fria e não conseguir pôr o pé na areia... No fim de semana que fomos tivemos muita sorte, pois apesar da chuva e frio nos dias anteriores, pegamos dias claros e um pouco mais quentes.
Dito tudo isso, neste post vou contar nosso fim de semana em Boraceia, uma praia com mais de 5 km de extensão, dividida entre os municípios de Bertioga e São Sebastião. Ao contrário de suas vizinhas mais famosas - Riviera de São Lourenço, Maresias, Barra do Sahy - a praia é plana e com poucas ondas, perfeita para levar as crianças.


⇸ Como chegar em Boraceia

A maneira mais rápida de se chegar é através da rodovia SP-48, a famosa Mogi-Bertioga, que pode ter trânsito bem intenso no verão e feriados prolongados. São cerca de 50 km de Mogi das Cruzes até Bertioga, de onde tem-se acesso às praias (as informações de trânsito em tempo real podem ser acompanhadas através do site do Sistema Costa Norte, que administra a rodovia, link aqui). A serra é linda, passando pelo Parque Estadual da Serra do Mar, e com vista para o mar num bom trecho da estrada. Esse parque é a maior unidade de conservação de Mata Atlântica no Brasil e se espalha pelo litoral, abrangendo partes de várias cidades do estado de São Paulo.

O motivo pelo qual passamos um fim de semana em Boraceia em junho foi a Guarani Race, uma corrida que acontece todos os anos dentro da Reserva Indígena Rio Silveiras. Essa reserva fica num acesso super fácil a partir da rodovia Rio-Santos, a cerca de 1,5 km da praia, numa área colada ao Parque Estadual, bem na divisa entre São Sebastião e Bertioga. Há alguns anos marido queria participar e nunca conseguíamos conciliar as datas, mas este ano tudo deu certo e inclusive inscrevemos os dois malinhas na Corrida Kids.
Na reserva vivem cerca de 120 famílias da etnia tupi-guarani, e a aldeia conta com escola e posto de saúde próprios. Eu confesso que fiquei um pouco dividida com aquela "invasão" de gente para a prova - ao mesmo tempo que acredito que eventos assim incrementem a renda dos indígenas que vivem lá e divulguem o turismo (a reserva é aberta à visitação), me incomodou como as pessoas de fora interagiam com os habitantes. Vi muita gente tirando foto com bebezinhos, oferecendo balas e pirulitos para as crianças, uma mistura de curiosidade com estranhamento que achei esquisita. Não consegui formar uma opinião se essa interação é saudável para quem vive na reserva.
Mas a prova em si foi super organizada, os kits eram bem bacanas e para os malinhas foi uma experiência bem diferente. Tivemos um pequeno acidente com o menor, que caiu durante a corrida e nos deu um susto imenso, perdendo um dentinho de leite e inaugurando a enfermaria 😨, mas felizmente não se machucou sério - ganhou a medalha mesmo assim e ainda ficou famoso, todo mundo queria saber do menininho que caiu. Compramos várias coisinhas de artesanato e os malinhas curtiram ganhar artefatos indígenas legítimos.

⇸ A praia
Uma delícia para quem quer sossego e uma praia mais selvagem. Como era inverno, estava vazia, mas mesmo no verão não há quiosques fixos - por isso é bom se precaver e levar sua própria geladeirinha e guarda-sol. A praia é bem plana, de areia clarinha, ondas pequenas. No ponto onde estávamos, havia uma restinga com muitas garças.
É uma praia muito boa para ir em família, com uma faixa de areia larga e com extensão de mais de 5 km.

⇸ Hospedagem
Ficamos hospedados numa pousadinha fantástica a poucos metros da praia e pertinho da saída para a reserva indígena. A Pousada HB Point tem uma estrutura bacana, quartos que acomodam bem até 4 pessoas, dispõem de cadeiras e guarda-sóis para os hóspedes, e o café da manhã é muito gostoso. Para chegar à praia é só atravessar a rodovia e pegar uma trilha curtinha.

⇸ Links úteis
Informações sobre o trânsito na Mogi-Bertioga - site do Sistema Costa Norte
Página oficial do Parque Estadual da Serra do Mar
Pousada HB Point - site aqui ou pelo Booking aqui
Sobre a Guarani Race - vídeo no YouTube aqui da corrida de 2019
Site da Prefeitura de Bertioga

🌊🌊🌊🌊🌊🌊🌊🌊🌊🌊🌊🌊🌊🌊🌊🌊🌊🌊🌊🌊🌊🌊🌊🌊🌊🌊🌊
Outros posts de praia:
Guarda do Embaú (SC) e arredores com 3 malinhas
Opções em Ubatuba: Projeto Tamar e Aquário
2 dias em Balneário Camboriú a 4
Rio de Janeiro a 4 - o básico com crianças
Ilha Grande (RJ) com 3 malinhas

Comentários