Visitando a Casa Melhoramentos em São Paulo

Nós amamos descobrir uns destinos mais "alternativos" e sabemos que na cidade de São Paulo sempre tem opções desse tipo, basta ser curioso. E assim topamos com a Casa Melhoramentos - na verdade o que me chamou a atenção mesmo foi saber que lá estava havendo uma exposição em homenagem ao Ziraldo, autor do Menino Maluquinho e de vários outros personagens super queridos. Aproveitamos o dia em que fomos conhecer o Museu de Zoologia e visitar o Instituto Butantan (post aqui), num final de tarde com os malinhas ainda super dispostos, e fomos até a Lapa para conferir a exposição.
Aqui vale contar um pouco da história da Companhia Melhoramentos, uma das empresas papeleiras mais antigas do Brasil e a primeira a produzir papel no estado de São Paulo - sua fundação data de 1890. Seu auge em termos de volume e importância foi na década de 20, e a empresa foi uma das pioneiras na utilização de processos de reflorestamento.
Assim como muitas outras empresas brasileiras mais antigas, recentemente ela passou por uma reformulação profunda em seus negócios, se desfazendo de alguns deles e focando mais em outros, sendo um desses o mercado editorial. E como parte dessa "modernização" (entre aspas porque as empresas adoram utilizar esses termos, eufemismos para corte de gastos) foi inaugurada a Casa Melhoramentos, no aniversário de 128 anos da companhia - a antiga sede da empresa foi totalmente reformada (e aqui cabe o termo modernizada sem aspas, porque realmente ficou com ar muito moderno), mantendo o aspecto antigo externamente mas totalmente renovada por dentro.
A administração da empresa continua lá, ocupando um dos andares, mas o interessante mesmo para quem visita a casa são o térreo, onde desde a inauguração está uma exposição em homenagem ao aniversário da companhia, e o 3o andar, um espaço dedicado a exposições, onde atualmente (e até 6 de abril de 2019) está a exposição Os Planetas de Ziraldo.
Ali no térreo conta-se um pouco da história da empresa e muitas curiosidades sobre o início do mercado editorial brasileiro - por exemplo, que o primeiro livro infantil publicado foi O Patinho Feio, em 1915, e ele não tinha um patinho na capa 😲 
Há também uma breve explicação do processo de fabricação do papel e dos diferentes negócios onde a Melhoramentos já atuou, como a fabricação de jogos e brinquedos educativos e o fato daquele prédio já ter servido como Casa da Moeda por algum tempo, na década de 30. Há também móveis e objetos antigos originais.
Essa parte é bem legal mas o que nos encantou mesmo foi a exposição do Ziraldo, no 3o andar. A curadoria do material foi feita pela filha do autor, e é realmente emocionante - mesmo pra mim, que não conhecia especificamente os livros dos planetas (um para cada planeta do sistema solar). Faz parte da exposição um vídeo do próprio autor, contando um pouco da sua vida e de onde veio o fascínio pelo espaço, que é de chorar de emoção, ainda mais sabendo como sua saúde anda frágil nos últimos tempos.
Além dos lindos painéis com ilustrações dos livros, há também muito material pessoal: rascunhos de desenhos, esboços de criação de personagens, cartas e manuscritos. Ziraldo é realmente um artista sensacional, com um domínio de cores ímpar e aquele traço característico.
Vale dizer que a entrada é gratuita e que há uma programação especial nos fins de semana, basta conferir a agenda no site da Melhoramentos.

Endereço:
Rua Tito, 479, Vila Romana, São Paulo-SP

Links úteis:
Site da Melhoramentos - www.melhoramentos.com.br

Comentários