5 destinos de carnaval para fugir do carnaval

quinta-feira, 16 de janeiro de 2020

Todo meu respeito a quem ama a folia dessa época e curte o clima de carnaval, seja nos bloquinhos, assistindo aos desfiles (ou desfilando), nas matinês e bailes ou atrás dos trios elétricos - eu nunca gostei de nenhuma dessas opções e, para minha sorte, marido divide comigo essa preferência pelo sossego. Mas é um feriado bem longo e não se pode desperdiçar tantos dias de folga assim, não é mesmo? E se você é como nós e prefere fugir das multidões, o jeito é viajar para lugares onde a gente nem lembra que é carnaval!
Nós temos alguma experiência no assunto e podemos sugerir alguns destinos para fugir do carnaval e ainda fazer passeios super bacanas, vale conferir 👇

📌Petrópolis (RJ)
Foi lá que passamos o feriado no ano passado, e foi uma delícia! Em 4 dias é possível fazer um roteiro bem bacana, conhecendo os principais pontos turísticos de Petrópolis. A cidade estava cheia, especialmente no sábado e no domingo, quando muitos cariocas fazem bate-volta para passar o dia, mas nem de longe lotada a ponto de incomodar. E ainda conseguimos aproveitar algumas programações especiais para as crianças no SESC Quitandinha.

📌Curitiba (PR)
Também já passamos o feriado de carnaval em Curitiba, que é uma cidade ótima de se visitar em qualquer época! Conseguimos conhecer os principais pontos turísticos apesar do tempo chuvoso, andamos no ônibus turístico, fizemos o passeio de trem até Morretes e nos deliciamos com os restaurantes do bairro de Santa Felicidade. Ficamos só com um gostinho de quero mais por causa dos lindos parques, que acabamos não explorando muito.

📌Campos do Jordão (SP)
Muito procurada no inverno, Campos do Jordão também é uma delícia no verão! Como moramos perto conseguimos fazer bate-volta, e por isso já estivemos lá muitas vezes, inclusive no meio de um feriado de carnaval. Nessa época é possível aproveitar as temperaturas mais altas e fazer os passeios ao ar livre, que são vários e vão agradar a família toda: tem o Museu Felícia Leirner, o Horto Florestal, o Amantikir - tudo isso sem passar frio!
Vale conferir nossas dicas de lugares bacanas na cidade: 6 LUGARES IMPERDÍVEIS EM CAMPOS DO JORDÃO

📌Monte Verde (MG)
Mais um destino de serra para escapar da folia carnavalesca! Monte Verde não é boa só no inverno, menos ainda um destino só para casais - já fomos num mês de janeiro com os 2 malinhas e foi ótimo! É uma boa opção para fugir do calorão, já que as temperaturas são mais amenas, e perfeita para quem curte ecoturismo. Ficamos hospedados num hotel no alto da montanha, fizemos algumas trilhas com as crianças e ainda conhecemos a Escola de Falcoaria, num roteiro de 4 dias que cabe perfeitamente no carnaval!
Post completo aqui: MONTE VERDE COM 2 MALINHAS

📌Penedo, Itatiaia e Visconde de Mauá (RJ)
Outra região com muitas opções de ecoturismo que conhecemos bem. Penedo é uma graça, com boas opções de hospedagem e muitos restaurantes deliciosos - tem até lugar onde se pesca e come a própria truta! Bem pertinho fica a parte baixa do Parque Nacional de Itatiaia, com cachoeiras e um centro de visitantes super interessante. A caminho de Visconde de Mauá fica a Serrinha do Alambari, para os mais aventureiros um prato cheio de trilhas e cachoeiras. E subindo a serra, o Vale do Alcantilado é maravilhoso, onde é possível passar o dia no Parque das Corredeiras ou curtindo as diversas cachoeiras no caminho para a Cachoeira do Alcantilado.
Temos vários posts da região, entre eles um com sugestão de roteiro de 4 dias: O QUE FAZER EM 4 DIAS ENTRE PENEDO, ITATIAIA E VISCONDE DE MAUÁ


📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍
Planeje sua viagem! 
Utilizando os links dos nossos parceiros abaixo, você não paga nada a mais e nos ajuda a continuar produzindo conteúdo bacana e atualizado.
🏨 Reserve sua hospedagem aqui: Booking 
🚗 Alugue um carro aqui: Rentcars
🛫 Compre passagens aéreas aqui: Passagens Promo
🏥 Contrate o seguro viagem aqui: Seguros Promo - use o cupom ENTREMOCHILAS5 e ganhe 5% de desconto!
📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍

- 👇 Salve essa imagem no seu Pinterest 👇-

Prado e Cumuruxatiba: guia de praias e passeios

domingo, 12 de janeiro de 2020

Foi com uma certa emoção que planejamos essa viagem ao sul da Bahia, pois adoramos viajar no reveillon e já há 2 anos que não conseguíamos! Dessa vez decidimos ir para o nordeste pela primeira vez com os malinhas, e de carro - o que vai render um post só com a viagem em si, uma vez que foram 3 mil km rodados entre os estados de São Paulo, passando por Minas Gerais, até finalmente chegarmos à Bahia.
Escolhemos Prado, na famosa Costa das Baleias, pelas várias dicas de ser um lugar lindo e tranquilo. É nessa região que as baleias jubarte aparecem, entre os meses de julho e novembro, para acasalar e dar à luz seus filhotes - as águas quentinhas entre Prado e o Parque Nacional Marinho de Abrolhos são o lugar perfeito pra isso! Várias agências de turismo vendem passeios de barco nessa época para avistá-las.
Outro motivo de fama por ali é que a maioria dos historiadores concorda que foi na Barra do Cahy, uma das praias mais bonitas entre os 84 km de praias pertencentes ao município, que os portugueses primeiro aportaram no Brasil, em 22 de abril de 1500 (na praia há uma cruz e uma placa contando detalhes). E como se tudo isso não fosse suficiente para atrair os turistas, Prado e arredores têm restaurantes deliciosos, muitos deles concentrados no Beco das Garrafas - uma ruazinha no centro de Prado que é uma perdição!
Nós passamos 6 dias em Prado e outros 3 em Cumuruxatiba, um distrito de Prado distante 32 km por estrada de terra (que em alguns pontos é bem ruinzinha), e conhecemos bem a maioria das praias. O mapa abaixo ilustra a distribuição das praias, e a seguir um descritivo praia a praia e também dos passeios disponíveis na região.

🌞 Praia do Prado
É a praia mais acessível a pé do centro de Prado, pertinho da praça da igreja. Bem movimentada, especialmente no período em que fomos, com estrutura relativamente boa e mar de tombo. Quando chegamos na cidade, exaustos após 1 dia e meio de viagem, fomos até lá ver o mar e deixar os malinhas livres para correr e brincar.

🌞 Praia do Coqueiral
Praia também bem pertinho do centro de Prado, a cerca de 1 km à direita da Praia do Prado. O acesso a pé é feito por uma plantação de coqueiros, que inclusive avançam pela areia. Não conta com barraca ou vendedores e é mais deserta que a Praia do Prado. Foi nela que ficamos no fim de tarde após o passeio de barco que fizemos pelos recifes de Guaratiba.


🌞 Praia de Guaratiba
 Adoramos essa praia, perfeita para ir em família! A Praia de Guaratiba faz parte de um loteamento de condomínios a cerca de 12 km de Prado, a partir de um acesso na rodovia BA-001, entre Prado e Alcobaça. Não é necessário se identificar para entrar, embora tenha uma portaria - acredito que porque cada condomínio ali tenha sua própria portaria e controle de entrada. Para quem é visitante há um único acesso à praia.
O mar é calmo e ótimo para as crianças brincarem à vontade - os malinhas ficaram praticamente o tempo todo na água. Há também algumas barracas e vendedores de picolé, mas apesar de se localizar entre condomínios, há espaço de sobra por conta da extensão da praia, que é imensa. Gostamos tanto dela que fomos duas vezes!


🌞 Praia da Paixão
Localizada a 10 km de Prado, por estrada de terra, sentido Cumuruxatiba. Só conseguimos chegar nela na segunda tentativa, pois na primeira uma das pontes ficou interditada por conta de um ônibus quebrado. A Praia da Paixão também tem uma boa estrutura, com algumas barracas e diversos vendedores. Rodeada por algumas das famosas falésias características da região, que fazem um contraste interessante com a areia e a água do mar.
Andando um pouco por ela encontramos alguns recifes de corais que aparecem na maré baixa e ficam cheias de pequenos moluscos e siris, os malinhas amaram ficar cutucando por ali. Foi também próximo desses recifes, numa parte mais deserta da praia, que vimos alguns resquícios do óleo que invadiu o litoral brasileiro há alguns meses - pequenas gotas aqui e ali, numa consistência quase sólida.
O mar na Praia da Paixão não é tão calmo quando na Guaratiba, mas ainda assim os malinhas ficaram bem à vontade brincando nas ondinhas.


🌞 Praia do Tororão
Um pouco à frente da Praia da Paixão fica a Praia do Tororão, a 12 km do centro de Prado. Foi no caminho dela que tiramos as fotos das famosas falésias, num dos vários mirantes espalhados pela estrada. Na praia do Tororão mesmo as falésias são mais baixas e a faixa de areia é mais estreita, dando a impressão que a praia fica espremida entre os paredões e o mar. 
Há uma grande barraca que domina a área e cobra 150 reais de consumação mínima (informação espalhada em todas as mesas, pra ninguém ter dúvida, embora essa cobrança seja ilegal) e muitos vendedores ambulantes - de picolé, de milho, de queijo coalho. Acredito que essa foi a praia com mais opções de comida entre todas as que conhecemos na região. O mar, aquele de sempre, bem calminho na maré baixa, um pouco mais mexido conforme a maré sobe.


🌞 Praia do Japara Grande
A pouco mais de 20 km de Prado, a praia de Japara Grande foi a última das praias que visitamos antes de Cumuruxatiba - inclusive foi onde passamos o dia na nossa mudança de pousadas, de Prado para Cumuruxatiba, para depois focarmos em conhecer as praias depois de Cumuruxatiba. Vou começar dizendo que é um lugar imperdível! É preciso estacionar o carro na parte de cima da falésia e descer a pé até a beira do rio Japara Grande, e dali atravessá-lo para chegar ao mar (não é fundo e vai ficando mais rasinho à medida que o rio segue para o mar). Só vendo as fotos para entender a beleza que é o contraste entre a falésia íngreme e vermelha, o rio, a areia e o mar ao fundo. 
Há um bar grande no final da trilhazinha que dá acesso à praia, e eles fornecem algumas barracas do outro lado do rio (por R$40 o dia todo), além de servir petiscos e bebidas diretamente ali (experimentamos um peixe aperitivo delicioso, servido dentro de uma caixinha de papelão para não sujar de areia - achamos a ideia genial). Nesse dia o vento estava forte e com ele veio uma chuva daquelas, que obrigou a maioria das pessoas a se abrigar no bar. Sorte que como veio, se foi, e logo o sol saiu de novo e pudemos aproveitar a praia por mais algum tempo.
Na nossa opinião, uma das praias mais bonitas da região - aliás, quanto mais ao norte, mais bonitas as praias se tornam.


🌞 Praia do Moreira
É a primeira praia ao norte de Cumuruxatiba - fica distante cerca de 8 km da vilinha e 40 km de Prado, por estrada de terra que segue até Corumbau, na divisa com Porto Seguro. Ficamos brincando que era a praia da família - marido e malinhas são Moreira, só eu que não 😞 - por isso me encarreguei de tirar a foto deles embaixo da placa e em cima da falésia.
Assim como a praia do Japara Grande, na praia do Moreira também se estaciona o carro em cima de uma falésia e desce-se por uma trilhazinha até a praia (vale dizer que essa é um pouco mais íngreme). A praia é linda, emoldurada com coqueiros, com muitos recifes de corais espalhados e algumas formações rochosas interessantíssimas, cheias de buracos onde as ondas entram e fazem barulhos estranhos.
É uma praia bastante deserta, sem barracas nem vendedores ambulantes - se bem que chegamos lá depois de uma chuva daquelas, que teria espantado todo mundo se houvesse alguém.


🌞 Praia da Barra do Cahy
Também se tornou nossa queridinha, que tivemos que repetir, pois da primeira vez começou a chover e tivemos que ir embora. A Barra do Cahy fica a 18 km de Cumuruxatiba, ou 50 km de Prado, pela mesma estrada de terra que segue até Corumbau. Da estrada é possível avistar o Monte Pascoal bem de longe (como tínhamos visto uma foto dele antes, conseguimos identificá-lo em meio aos outros morros). Há um único acesso à praia, onde também há uma barraca grande com boa infraestrutura (tendas e banheiros), que cobra 200 reais de consumação mínima.
Passando essa entrada e andando em direção ao Rio Cahy (à esquerda), chega-se ao ponto onde há uma cruz e uma placa dizendo que foi nesse ponto que os portugueses primeiro avistaram o Monte Pascoal e aportaram em terras brasileiras - de acordo com a descrição feita por Pero Vaz de Caminha. 
E andando mais um pouco chega-se ao encontro do rio com o mar, que forma deliciosas piscinas rasinhas. É um lugar lindo e parece bastante preservado, apesar de toda a área ser uma fazenda e o acesso direto àquele ponto estar fechado na estrada.

🌞 Ponta do Corumbau
Localizada a 90 km de Prado e 60 de Cumuruxatiba, já na divisa com Porto Seguro seguindo pela mesma estrada de terra da Barra do Cahy, é um lugar paradisíaco - mas que não conseguimos conhecer 😞 Soubemos que a estrada é bastante precária em alguns pontos e por conta das chuvas e da distância decidimos adiar a visita para uma próxima vez. Há passeios de barco até lá, saindo de Cumuruxatiba, com valores de 100 a 150 reais por pessoa, dependendo da agência e do barco. Mas novamente, como pegamos alguns dias de chuva, ficamos com medo de pegar chuva no mar e o passeio não valer a pena.


Recifes de Guaratiba
Fizemos esse passeio que sai do rio Jucuruçu, em Prado, e recomendamos! Fomos no barco Sereia de Guaratiba, que sai do cais atrás da pousada que ficamos (Canto do Rio) - valor R$100/pessoa, as crianças pagaram metade, snorkels e sapatilhas podem ser alugados à parte. Estão incluídos no passeio água e frutas.
O roteiro inclui a navegação por cerca de 1 hora até os recifes de Guaratiba que, na maré baixa ficam descobertos e pode-se andar sobre eles. O barco então fica "estacionado" próximo aos recifes por um período que varia entre uma e duas horas, dependendo da maré, e retorna para Prado. Levamos nossos próprios snorkels mas erramos em não alugar as sapatilhas (que na verdade eram crocs) e fomos de chinelo, o que atrapalhou um pouco, mas nada que estragasse o passeio. Vimos ouriços do mar e outros bichinhos, além de muitos peixes coloridos. Os malinhas amaram, pois foi a primeira experiência deles em mergulho no mar. Um arrependimento foi não ter descido nos recifes com o celular nem com câmera, e por isso só temos fotos com a GoPro 😔
O passeio sai às 9 h da manhã e retorna por volta das 14 h, o que não é cansativo para os menores e permite que se aproveite o resto do dia na praia. Vale muito a pena fazê-lo!


⛵ Passeio a Abrolhos
Marido ficou todo empolgado em conhecer o Parque Nacional Marinho de Abrolhos e resgatou até a carteirinha e material de mergulho, por isso quando chegamos a Prado fomos pesquisar sobre o passeio. Segundo apuramos, o passeio não sai de Prado e sim de Caravelas, a 50 km de Prado, com saída às 6h30 da manhã e retorno após as 19h, dependendo do mar. O passeio inclui a descida em uma das ilhas e um curto passeio guiado. O mergulho é à parte e tem custo adicional de R$ 170, enquanto somente o passeio estava R$ 320/pessoa.
Decidimos não fazer porque achamos longo demais para os malinhas (e até pra nós) e o preço bem salgado, mas para quem realmente tem interesse em mergulhar deve ser um sonho, pois é um santuário preservado maravilhoso.


⛵ Passeio para observação de baleias
Praticamente todas as agências de Prado e Cumuruxatiba vendem esses passeios na época de visita das baleias jubarte à região (não à toa conhecida como Costa das Baleias), entre os meses de julho e novembro. Como estivemos por lá no finzinho de dezembro/começo de janeiro, esses passeios não estavam disponíveis. Mas super indico para quem for pra lá nesses meses, pois todos com quem conversamos disseram que as baleias dão um show de simpatia e interação!

📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍
Planeje sua viagem! 
Utilizando os links dos nossos parceiros abaixo, você não paga nada a mais e nos ajuda a continuar produzindo conteúdo bacana e atualizado.
🏨 Reserve sua hospedagem aqui: Booking 
🚗 Alugue um carro aqui: Rentcars
🛫 Compre passagens aéreas aqui: Passagens Promo
🏥 Contrate o seguro viagem aqui: Seguros Promo - use o cupom ENTREMOCHILAS5 e ganhe 5% de desconto!
📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍

- 👇 Salve essa imagem no seu Pinterest 👇-

Retrospectiva de viagens 2019 - um ano modesto mas cheio de dicas

terça-feira, 17 de dezembro de 2019

2019 está no finzinho! Mais uma vez vale a pena fazer uma retrospectiva, apesar de não ter sido um ano fácil pra nós e para muita gente. Assim como 2018 foi um ano bom mas que poderia ter sido melhor, 2019 novamente foi um ano de adaptações em família - já que marido passou a trabalhar longe de casa e isso alterou nossa dinâmica familiar e nosso planejamento de viagens. E com o preço do dólar nas alturas, não teve como planejar viagem internacional. Mas como sempre, aproveitamos o que era possível nas circunstâncias e não deixamos de passear e fazer pequenas viagens! Pois afinal não é preciso viajar 10 horas de avião para chamar de viagem, certo?

Começamos o ano com uma escapadinha a dois, bem curtinha, para comemorar o emprego novo do marido e aproveitar que os malinhas estavam com os avós. Fomos conhecer a região de Espírito Santo do Pinhal e Andradas, que ficam em lados opostos na divisa entre SP e MG, onde há muitas vinícolas e uma vista incrível. Post dessa viagem aqui: ENTRE MINAS E SÃO PAULO: O QUE FAZER EM ANDRADAS E ESPÍRITO SANTO DO PINHAL
Conseguimos viajar a dois novamente em maio, para comemorar nosso aniversário de "namoramento", e fomos para uma pousada fofíssima em São Francisco Xavier, distrito de São José dos Campos, a aproximadamente 50 km de casa. Post com todas as dicas de hospedagem, o que fazer e onde comer aqui: SÃO FRANCISCO XAVIER - DICAS DE POUSADA, TRILHAS E RESTAURANTES
Uma novidade esse ano é que a mamãe aqui conseguiu fazer uma viagem sozinha! Aproveitei uma brecha nas férias escolares de julho, quando os malinhas foram passar alguns dias com os avós e marido estava trabalhando, e passei alguns dias com uma amiga em Vila Velha, no Espírito Santo. Foi a primeira viagem sem marido e sem malinhas, e foi uma experiência muito bacana! Essa viagem rendeu alguns posts:
Fizemos também algumas viagens em família bem bacanas ao longo do ano. No carnaval, aproveitamos o feriado prolongado e fomos conhecer Petrópolis, a cidade imperial na serra do Rio, e fizemos um roteiro pela parte histórica. Uma viagem que é um mergulho na História do Brasil, e rendeu 4 posts:
📌 ROTEIRO EM PETRÓPOLIS: 4 DIAS COM 2 MALINHAS
No mês de junho aproveitamos uma corrida que marido ia participar, a Guarani Race, e fomos passar um fim de semana em Boracéia, uma praia que fica dividida entre Bertioga e São Sebastião, no litoral norte de São Paulo. Uma viagem que rendeu conhecer uma aldeia indígena de verdade, um pequeno acidente com um dente (de leite) perdido, e fotos lindas - além do post: PRAIA DE BORACEIA NUM FIM DE SEMANA COM 2 MALINHAS
Nas férias de julho tiramos uns dias para conhecer melhor a região de Penedo, aproveitando a hospedagem do marido, que passa a semana trabalhando lá. Fizemos a trilha para a Cachoeira do Alcantilado (em Visconde de Mauá), passamos um dia na Serrinha do Alambari e conseguimos conhecer as cachoeiras de Penedo - além de um restaurante muito bacana, onde é possível pescar a própria truta do almoço! Posts completos aqui:
Novamente fizemos alguns passeios em São Paulo, aumentando nossa lista de lugares que conhecemos por lá: estivemos numa exposição maravilhosa no MASP, com direito a caminhada pela Avenida Paulista, e passeamos pelo Beco do Batman num domingo de sol. Os posts são esses:
Também acrescentamos mais alguns museus à nossa lista - quem frequenta aqui sabe como gostamos de museus e como defendemos que museu é lugar de criança, não é? Além do MASP, já citado acima, conhecemos também o lindo Museu Republicano em Itu e visitamos novamente o Museu de História Natural de Taubaté - um queridinho aqui de casa mas que ainda não tinha post próprio. Tudo sobre eles aqui:
📌 MUSEU REPUBLICANO EM ITU E ARREDORES
📌 CONHEÇA COM A GENTE O MUSEU DE HISTÓRIA NATURAL DE TAUBATÉ
E teve também parque de diversões! Em um novo bate-volta em Campos do Jordão, conhecemos o novíssimo Parque do Capivari, com direito a pedalinho e tirolesa. Tivemos também a chance de passar um dia no T-Rex Park em Campinas, um parque de diversões todo temático de dinossauros, que nosso pequeno malinha fanático por dinos amou e não cansa de pedir para ir de novo. Detalhes sobre eles aqui:
📌 CAMPOS DO JORDÃO COM CRIANÇAS: PARQUE DO CAPIVARI
📌 COMO É O T-REX PARK EM CAMPINAS
Para completar, tive muitos momentos de inspiração de mãe viajante e consegui escrever vários posts com dicas. Somente sobre viagens e passeios aqui no estado de São Paulo foram 3 posts: um post-índice com lugares e cidades no interior do estado; um post-resumo de passeios na capital com crianças; e um só com lugares gratuitos em São Paulo. Tudo para ajudar a inspirar quem quiser sair de casa com os pequenos!
Para quem curte ecoturismo e quer começar a fazer trilhas com as crianças, um post com nossas dicas de "especialistas iniciantes" 😉 Estamos longe do nível avançado mas já temos alguma bagagem em trilhas fáceis! DICAS BÁSICAS PARA CURTIR TRILHAS COM CRIANÇAS
Para ajudar quem tem um(a) dinolover em casa, como nosso caçula, um post com uma lista de lugares de onde encontrar dinossauros (fósseis ou réplicas) no Brasil, baseada na nossa extensa experiência no assunto: ONDE VER DINOSSAUROS - DICAS DE PARQUES E MUSEUS NO BRASIL
E dá pra viajar sem sair de casa? Dá sim, através dos livros! Sou uma super defensora que leitura e viagens são duas coisas para se acostumar desde cedo. Junto com os malinhas, examinei a biblioteca deles e fizemos uma lista de livros infantis perfeitos para conhecer novos lugares, países e culturas. Um post feito com muito carinho: LIVROS INFANTIS PARA VIAJAR SEM SAIR DE CASA
Para finalizar essa retrospectiva, no Dia dos Namorados lancei a campanha VIAGEM SEM CRIANÇAS: PERMITA-SE! 😉 Nós amamos viajar em família, mas acreditamos também em outras "modalidades" de viagem - e viajar de casal depois dos filhos pode ser um desafio, mas também é um refresco na rotina da família, e só faz bem a todos os envolvidos.

Para nossa alegria, esse ano vamos passar o reveillón viajando, exatamente como gostamos de fazer! Iremos numa road trip até o sul da Bahia, o que certamente vai render muitos posts bacanas. Aguardem!

Finalizo aqui mais uma vez agradecendo a todos que lêem e acompanham nossos posts. Que tenham todos um ótimo Natal e um Ano Novo cheio de alegria e viagens! Enfatizamos sempre que mesmo com o dinheiro curto, dá pra se divertir por perto, explorando a própria cidade, buscando atrações gratuitas, conhecendo museus. Não é preciso ir pra longe para viajar!

📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍
Planeje sua viagem! 
Utilizando os links dos nossos parceiros abaixo, você não paga nada a mais e nos ajuda a continuar produzindo conteúdo bacana e atualizado.
🏨 Reserve sua hospedagem aqui: Booking 
🚗 Alugue um carro aqui: Rentcars
🛫 Compre passagens aéreas aqui: Passagens Promo
🏥 Contrate o seguro viagem aqui: Seguros Promo - use o cupom ENTREMOCHILAS5 e ganhe 5% de desconto!
📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍📍

- 👇 Salve essa imagem no seu Pinterest 👇-