Malinhas na trilha: Bauzinho em São Bento do Sapucaí

Há algumas semanas estivemos em Paraisópolis, no sul de Minas, para um casamento, e no caminho de volta entramos em São Bento do Sapucaí - onde fica a famosa Pedra do Baú, que muita gente associa erroneamente a Campos do Jordão. Na região por ali se alternam os estados de São Paulo e Minas, nas cidadezinhas espalhadas pela serra da Mantiqueira. O mapinha abaixo ajuda a se localizar.
fonte: revista Viagem e Turismo

A cidadezinha de São Bento é daquelas típicas cidades do interior, mas o grande atrativo é o ecoturismo: há muitas opções de trilhas, cachoeiras, observação de pássaros, escalada - e o famoso Complexo da Pedra do Baú, que escutava falar faz mais de 20 anos (o tempo que moro aqui em São José!) mas nunca tinha ido. Nesse dia que passamos na cidade descobrimos como chegar lá e prometemos ir com os malinhas em breve.
Aproveitamos então um feriado no meio da semana para ir até lá. Apesar da distância ser de cerca de 100 km de São José dos Campos até São Bento, as duas alternativas de caminho são estradas mão dupla e cheias de curvas, então levamos cerca de 2 horas até lá. Entrando em São Bento, seguimos as placas para a Pedra do Baú.
O complexo fica na estrada que liga São Bento a Campos do Jordão - uma serra lindíssima, com um trecho bem íngreme no meio da mata, com curvas de fazer inveja à serra do Rio do Rastro em SC. A estrada é asfaltada e está bem conservada, o segredo é ir mesmo devagar, apreciando a beleza do caminho. Na altura do km 22 há uma saída para o parque, e dali são cerca de 4 km, a maior parte de terra.
Como nos explicou o rapaz que nos recepcionou, ali não é um parque e sim um monumento natural, com o objetivo de preservar e explorar o turismo de forma sustentável e organizada. Nossa meta era fazer a trilha do Bauzinho, uma das 3 rochas que formam o complexo (as outras duas são a Pedra do Baú mesmo e a Ana Chata), que é a mais curta e não requer escada. Paga-se R$ 10 por pessoa para entrar (menores de 12 anos não pagam).
Na entrada há uma estrutura com banheiros e uma cantina, com comida e bebida à venda. Nesse dia havia bastante gente chegando e todos eram atendidos e orientados pelo pessoal que trabalha ali.
Quem chega com crianças de colo ou maiores de 60 anos pode ir de carro até o início da trilha propriamente dita, nós deixamos o carro no estacionamento e subimos a pé pela estrada de terra - e é só subida mesmo! O início das trilhas é bem sinalizado e há várias placas de orientação no local.
Dali são cerca de 20 minutos de terreno bem irregular, com muitas pedras. Do topo do Bauzinho (a mais de 1800 m de altura) vê-se o lado mais "magrinho" da Pedra do Baú (que é a mais alta, com cerca de 1900 m). Eu, que tenho medo de altura, não consegui passar no último trecho, que é uma pedra mais estreita e abismo dos dois lados. Fiquei ali com um dos malinhas, enquanto marido se revezou para subir com o outro. Com a mais velha ele foi até o máximo onde se pode ir.
A trilha não é pesada mas por ser bem irregular acaba cansando um pouco. Mas vimos gente de todo tipo e idade (e calçado!) subindo, incluindo um bebê de colo no colo. O visual lá de cima é incrível!
Dali descemos, pegamos o carro e descemos a serra quase até a entrada da cidade de São Bento para pegar a saída que leva ao Restaurante Pedra do Baú. É preciso prestar atenção porque a placa não é muito grande, e para quem desce a saída é à esquerda. Desse ponto se sobe, sobe, sobe tudo de novo, até o restaurante, que fica aos pés da Pedra do Baú e tem um visual maravilhoso de onde quer que se olhe.

O restaurante é bem simpático, comida honesta mas não extraordinária, com buffet à vontade a preço razoável (R$ 32/pessoa). Dentro da área do restaurante há também uma lojinha e um parquinho com brinquedos de madeira que os malinhas adoraram.
Dali também saem trilhas para as pedras, mas que envolvem escalada. E vi também que dá pra se hospedar ali, há alguns chalés para alugar.
Pegamos um fim de tarde lindo ali! Foi um passeio perfeito para um dia de feriado "avulso".


Links úteis: 
Prefeitura de São Bento do Sapucaí -> www.saobentodosapucai.sp.gov.br/site/
Site do MoNa Pedra do Baú -> www3.ambiente.sp.gov.br/mona-pedradobau/
Mais sobre o complexo -> www.saobentodosapucaisp.com.br/complexo-da-pedra-do-bau.html
Site do restaurante Pedra do Baú -> www.restaurantepedradobau.com.br

Gosta de ecoturismo? Aqui outros posts bem legais de passeios que já fizemos!
Monte Verde com 2 malinhas
Itatiaia e Penedo em um fim de semana com 2 malinhas
Serra Catarinense a 4
Ilha Grande (RJ) com 3 malinhas

Comentários